A economia portuguesa na atualidade


Os riscos não são apenas de natureza externa. Há um risco de natureza interna e não apenas conjuntural, uma perda de teste.

Ao que parece, não há debate que avise sobre o Orçamento do Estado do próximo ano, o Governo se prepara para manter inalterada a previsão de crescimento da economia portuguesa para 2020 em 2%. Entre as entidades oficiais que acompanham a evolução da economia portuguesa e os que sofrem de crescimento estão disponíveis no site do Conselho de Finanças Públicas (CFP), uma estimativa do executivo é a mais alta de todas, sendo que o CFP avança com uma previsão de 1 7%. Ou seja, o governo está relativamente otimista.

Sobre os 2% do governo para 2020, uma primeira redução do CFP para estimativa do executivo deu-se em abril passado, um relatório anexo ao programa de estabilidade 2019-2023, tendo o CFP encerrado a uma estimativa, porém, com a seguinte advertência: “Como as definições para este período estão definidas dentro do limite de exibição prováveis, ainda que contemplem riscos descendentes acrescidos para o crescimento da economia, que são a natureza principalmente externa”. Ora, desde abril, uma conjuntura não melhorou. Pelo contrário, uma conjuntura deteriora-se e os riscos agravaram-se.

A economia portuguesa na atualidade
Article Number: 1462
Read. 3 Time.
Rate this article.
Thank you for your vote.

This article was written by:

Dariane Tosta

Contact Me.

  • Email
  • Email
View More. Close.

article.Autor.author_review

Other articles written by this Author.