A vida simples da roça

Hoje estamos vivendo tempos de grandes correria, onde tudo acontece muito rápido, onde vinte e quatro horas passam tão rápido que mais parece doze horas. Andamos nas ruas como se estivessemos em uma competição  sao pessoas apressadas atropelando uns sos outros, vivemos na era da tecnologia moderna onde podemos conhecer o mundo com um simples chik na palma das mãos tudo esta muito agitado. Saudades tenho da minha infância na roça onde viviamos em uma pequena fazenda, onde comíamos o que produzia, o café ainda me lembro era adoçado com rapadura.  Onde não  se tinha médicos, as crianças nasciam pelas mãos das parteiras. O banho era de bica, não existia chuveiro, eletricidade não existia lá,  usavamos lampião. Brincavamos o dia todo,  mas a melhor parte ficava reservada para a noite, quando papai e mamãe reunia os dez filhos na varanda para contar histórias, eram tempos preciosos, não  tínhamos pressa eramos felizes.  Ainda sinto saudades da minha infância. 
A vida simples da roça
Article Number: 4484
Read. 909 Time.
Rate this article.
Thank you for your vote.

This article was written by:

Jose Carlos Moreira Braga Braga

Contact Me.

  • Email
  • Email
View More. Close.

article.Autor.author_review

Other articles written by this Author.