Arroz De Pato

O arroz de pato, embora não seja o principal atrativo de um restaurante de frutos do mar, é uma receita muito procurada em diversas localidades. Geralmente, ele é servido ao vinho branco e com parmesão, a fim de lhe atribuir um toque ainda mais especial. Assim, muitos apreciadores da culinária buscam entender a sua origem.

Essa receita já tem atravessado uma série de países e é conhecida ao redor de todo o mundo. Porém o seu surgimento se deu em Portugal, como deduzem os seus entusiastas. Por isso, no post de hoje iremos falar um pouco sobre a origem do arroz de pato, assim como das vantagens de consumi-lo.Acredita-se que a primeira preparação do arroz de pato aconteceu em Portugal. Assim, teve origem no seminário de Braga, o mais antigo do país. Essa cidade foi fundada por romanos por volta de 16 a.C. Além disso, ela é reconhecida por sua incomparável habilidade à gastronomia.


Arroz De Pato
O arroz de pato, embora não seja o principal atrativo de um restaurante de frutos do mar, é uma receita muito procurada em diversas localidades. Geralmente, ele é servido ao vinho branco e com parmesão, a fim de lhe atribuir um toque ainda mais especial. Assim, muitos apreciadores da culinária buscam entender a sua origem.

Essa receita já tem atravessado uma série de países e é conhecida ao redor de todo o mundo. Porém o seu surgimento se deu em Portugal, como deduzem os seus entusiastas. Por isso, no post de hoje iremos falar um pouco sobre a origem do arroz de pato, assim como das vantagens de consumi-lo.Acredita-se que a primeira preparação do arroz de pato aconteceu em Portugal. Assim, teve origem no seminário de Braga, o mais antigo do país. Essa cidade foi fundada por romanos por volta de 16 a.C. Além disso, ela é reconhecida por sua incomparável habilidade à gastronomia.


Article Number: 561
Read. 97 Time.
Rate this article.
Thank you for your vote.

This article was written by:

Marcus Faria

Contact Me.

  • Email
View More. Close.

article.Autor.author_review

Other articles written by this Author.