Brasil 1–7 Alemanha (2014)

A partida entre Brasil vs. Alemanha foi disputada no dia 8 de julho de 2014, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, válida como a primeira semifinal da Copa do Mundo FIFA de 2014.

Brasil e Alemanha chegaram às semifinais com campanhas invictas na competição, sendo que o confronto das quartas-de-final diante da Colômbia fez com que os brasileiros perdessem o atacante Neymar por lesão e o zagueiro e capitão Thiago Silva pelo acúmulo de cartões amarelos. Apesar da ausência desses jogadores, esperava-se uma partida equilibrada, já que ambas as equipes eram forças tradicionais da Copa do Mundo da FIFA, dividindo oito torneios conquistados e tendo se enfrentado anteriormente na final da Copa do Mundo FIFA de 2002, ocasião em que o Brasil venceu por 2–0 e conquistou seu quinto título. Essa partida, no entanto, terminou em uma derrota histórica para o Brasil. A Alemanha estava a vencer por 5–0 no intervalo, com quatro gols marcados em seis minutos e, posteriormente, aumentou o placar para 7–0 na segunda etapa. O Brasil marcou um gol de honra no último minuto, encerrando a partida em 7–1. O alemão Toni Kroos foi escolhido como o homem do jogo.

Brasil 1–7 Alemanha (2014)

O jogo estabeleceu vários recordes da competição. A vitória da Alemanha marcou a maior margem de vitória em semifinais da Copa do Mundo da FIFA. Este jogo também viu a Alemanha ultrapassar o Brasil como a equipe com maior pontuação na história da Copa do Mundo e se tornar o primeiro time a chegar em oito finais do torneio. Miroslav Klose marcou seu décimo sexto gol na carreira em Copas do Mundo e superou o brasileiro Ronaldo como o maior artilheiro de todos os tempos do torneio. A derrota do Brasil quebrou sua série de sessenta e dois jogos invictos em casa em partidas competitivas, desde a Copa América de 1975 (onde perdeu por 3–1 para o Peru), igualou a maior goleada sofrida em uma partida, ao lado de uma derrota por 6–0 para o Uruguai em 1920, e quebrou o recorde de maior diferença de gols sofridos pelo Brasil em uma partida internacional. Por fim, a partida foi descrita como uma humilhação nacional.

O jogo foi posteriormente apelidado de Mineiraço, evocando um "espírito de vergonha nacional" anterior, conhecido como Maracanaço, no qual o Brasil perdeu inesperadamente a Copa do Mundo FIFA de 1950 em casa, para o Uruguai. O Brasil perdeu posteriormente por 3–0 para os Países Baixos na disputa do terceiro lugar. A Alemanha venceu a Copa do Mundo pela quarta vez, derrotando a Argentina na final.

Article Number: 17054
Read. 358 Time.
Rate this article.
Thank you for your vote.

This article was written by:

Rogerleks Frasson

Contact Me.

  • Email
View More. Close.

article.Autor.author_review

Other articles written by this Author.