Não faz mal a ninguém- lenine

Ponta de inveja, um dedo de luxúria.
Olhada de guloso não faz mal a ninguém,
se ela quiser também, se ela quiser também.

Falsa preguiça, ira de mentira.
Por que guardar pra si tanta beleza?
Quanta avareza! quanta avareza!

É um pecado não gostar de alguém assim
É um pecado não gostar assim de alguém
É um pecado não gostar de alguém assim
É um pecado não gostar assim de alguém

Inveja, ira, gula, vaidade
luxúria, preguiça e avareza
É um pecado não amar alguém assim
É um pecado não pecar com essa princesa

Que beleza! Quando o pecado entra e sai da cabeça
Que beleza! Quando o pecado entra e sai da cabeça
Que beleza! Quando o pecado entra e sai da cabeça
Que beleza! Quando o pecado entra e sai da cabeça 
Não faz mal a ninguém- lenine
Article Number: 8584
Read. 59 Time.
Rate this article.
Thank you for your vote.

This article was written by:

Erlan Farinelli

Contact Me.

  • Email
  • Email
View More. Close.

article.Autor.author_review

Other articles written by this Author.