No pano da jangada- lenine

No Pano da Jangada


Ningém me contou
Foi meu mano que viu na marujada
Meu amor botou
O meu nome no pano da jangada
O meu carretel de linha
Ta guardado na gaveta
Venho lá de alagoinha
Linha branca e linha preta
Vou vestida de rainha
De sombrinha violeta
Para ser a pastorinha
Lá da nau catarineta
Meu marujo carapinha
Vai de sabre e baioneta
De uma farda que ele tinha
De capitão de corveta
Ela sai no vassourinha
No bumba toca corneta
Mete o pau na bacurinha
Do pastoril do faceta.                                                            
No pano da jangada- lenine
Article Number: 8588
Read. 184 Time.
Rate this article.
Thank you for your vote.

This article was written by:

Erlan Farinelli

Contact Me.

  • Email
  • Email
View More. Close.

article.Autor.author_review

Other articles written by this Author.