O universo na cabeça do alfinete- lenine

Pequeno e ainda assim imenso
Calado e ainda assim intenso
Pesado e ainda assim flutua
Veneno e ainda assim me cura

Quando um sentimento fica assim fora de si
Coração perde a cabeça e o juízo voa
O universo na cabeça do alfinete
Tudo brilha diferente no olho da pessoa

Parado e ainda assim ligeiro
Inteiro e ainda assim partido
Doído e ainda assim contente
Descrente e ainda assim feliz

Quando um sentimento fica assim fora de si
Coração perde a cabeça e o juízo voa
O universo na cabeça do alfinete
Tudo brilha diferente no olho da pessoa                                         
O universo na cabeça do alfinete- lenine
Article Number: 8595
Read. 178 Time.
Rate this article.
Thank you for your vote.

This article was written by:

Erlan Farinelli

Contact Me.

  • Email
  • Email
View More. Close.

article.Autor.author_review

Other articles written by this Author.