Vacina contra a Covid-19: veja perguntas e respostas

Vacina contra a Covid-19: veja perguntas e respostas

A autorização de uso emergencial é temporária, vale apenas para o período de pandemia e até a vacina receber o registro definitivo. O uso, nesse caso, é destinado apenas para o público previamente definido e testado nos estudos. Além disso, as farmacêuticas Pfizer e BioNTech e Janssen e Johnson & Johnson também realizam testes no país. De acordo com a Anvisa, a Pfizer já apresentou dados primários de eficácia e segurança da fase 3 de testes, mas ainda faltam documentos complementares. Já a Janssen ainda não entregou dados da fase 3. O plano nacional de vacinação apresentado pelo governo em dezembro não estabeleceu data para o início da vacinação, mas a estimativa do Ministério da Saúde é que a vacinação comece entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro. A vacinação só pode ocorrer após a liberação, pela Anvisa, de uso emergencial ou registro para as candidatas. Segundo o ministério, 254 milhões de doses da Fiocruz e 100 milhões de doses do Butantan já foram negociadas. Mesmo após as duas doses da vacina, nosso organismo não gera uma resposta imune imediata, explica o infectologista Jose Geraldo Leite Ribeiro, vice-presidente regional da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm). A proteção se dá um tempo após a aplicação da segunda dose, e esse tempo varia de acordo com cada vacina. Na maioria delas, a imunidade acontece a partir de dez ou vinte dias após a segunda dose”, afirma.

Article Number: 17658
Read. 1321 Time.
Rate this article.
Thank you for your vote.

This article was written by:

Antonio F S Filho Filho

Contact Me.

  • Email
  • Email
View More. Close.

article.Autor.author_review

Other articles written by this Author.